Descrição: Blog criado para o planejamento da minha viagem para à França. Ele será dividido em quatro partes:

1) PESQUISAS: pesquisas sobre as cidades a serem visitadas - cultura, atrações turísticas, gastronomia, hospedagem...;

2) ROTEIRO FINAL: Roteiro detalhado dia-a-dia, com hospedagem, alimentação, atrações, previsão de gastos, ...;

3) PREPARATIVOS para a viagem;

4) RELATO DA VIAGEM: Relato dia-a-dia de todos os acontecimentos durante a viagem, dicas, informações, etc.

FASE ATUAL DO BLOG: 3) PREPARATIVOS.

domingo, 27 de novembro de 2011

Relatos de Viagem: Francine

Boa tarde meus amigos...

Inaugurando o marcador RELATOS DE VIAGEM, a Francine nos dá este grande presente: um relato maravilhoso de sua viagem à Paris... Francine, se você acha que fez um livro, dá para mandar uma enciclopédia?!?!? rsrsrs Beijos e muito obrigado pelo seu email fantástico...

Olá Márcio,

Estou pegando muitas dicas do seu blog, “tô indo para a Itália”, por isso quero colaborar com sua nova empreitada, e te passar um pouco sobre minhas experiências de Paris...

Prepare-se para o livro!!!rsrsrs

Tive a oportunidade de estar em Paris por cinco vezes, posso dizer que chegar em Paris é sempre emocionante... Por onde olhar e passar vai sentir parte da história e da arte que carrega a cidade.

Mas nem só de glórias vive uma viagem, e vou relatar aqui algumas das experiências que tive na cidade luz, algumas boas, outras maravilhosas, e outras para aprender e nunca mais fazer!!rsrs

Quando se vai para Paris deve-se lembrar que você está indo para a cidade mais visitada no mundo, por isso, tenha sim muita paciência com os parisienses, se você for pedir alguma informação, prefira os guardas e policiais que estão espalhados pela cidade, pois as pessoas já se cansaram de ficar como ponto de informações turísticas e às vezes são muito chatos. E como aqui no Brasil, muitos deles também não falam inglês. Claro, eles também podem ser muito atenciosos, basta você ficar preparado e não se incomodar com a resposta que vai receber.

O sistema de metrô de Paris é bem completo, e cheio de linhas que vai te ajudar a chegar em qualquer lugar da cidade, qualquer lugar mesmo! Não se assuste com tanta informação, pegue um mapa do metrô, comece a utilizá-lo que rapidinho você vai ver não tem segredo, é mais fácil do que parece, e ao contrário de muitos metrôs de outras grandes cidades, o de Paris é sim muito antigo, mas também é lindo, e também muito seguro...

Para cada ponto turístico existe uma ou mais linhas do metrô que chegam até lá... Por isso, vale estudar bem o mapa antes de sair do hotel, assim poderá chegar no metrô que tem dentro do Museu do Louvre, ou descer na estação que sai em frente ao Arco do Triunfo, ou mesmo sair do vagão do metrô e se espantar em ver a Torre Eiffel bem ao seu lado...

Use o metrô sempre que precisar, e sempre que puder caminhe por Paris... cada esquina e cada quarteirão valem a pena...

A primeira vez que fui a Paris, não achei que gostaria tanto da cidade, mas é claro, fiquei maravilhada com tamanha beleza. E posso dizer que da Torre Eiffeil eu não esperava muito, mas foi caminhando sem rumo em uma noite, com clima muito frio, que de repente vi ao longe uma parte dela, toda iluminada, nossa como brilhava!! Arrepiei e segui aquela imagem, até ver ela por completo na minha frente, toda imponente! Vale a pena ver a Torre pela noite iluminada, e voltar durante o dia para subir (até o 3º andar sim!) e ver toda a paisagem de Paris.

A Av. Champs-Elysées no final de ano é especial, que também fica toda iluminada e enfeitada para o Natal, linda!!! Se quiser fazer uma refeição deliciosa, e que não custa caro, em plena Champs-Elysées, tenho uma ótima dica: o Bistrô la Romain, na Champs-Elysées ele fica a aproximadamente duas quadras (para baixo) do Arco do Triunfo a sua esquerda. Veja os endereço da rede em Paris neste link: http://www.bistroromain.fr/restaurants-a-paris.htm , se você gosta de carpaccio minha diga é o Carpaccio à Volonté, isso mesmo, é um prato de carpaccio que vem acompanhado de fritas ou uma massa, você escolhe, e COME A VONTADE, quantas vezes quiser você pode pedir!! É uma entrada, mas você pode comer somente isso que muuuuuuuuito bom... delicioso... aliás as fritas ou a massa perdem a importância diante do carpaccio... rsrs

O que mais fica caro para estar em Paris é mesmo o hotel/hospedagem, no meu ponto de vista você tem duas boas opções para isso, ou fica em um hotel na periferia (que não tem nada de perigoso, nem feio e tem sempre linhas do metrô que chegam até lá), hotéis como Íbis, Formula 1, entre outros, que são mais baratos nestes locais, ou você pode ficar em um albergue/hostel, bem no centro. Eu fiquei em um hostel muito bom, a 200 metros da Catedral de Notre Dame, ou seja, muito bem localizado, o site é este: http://www.bvjhotel.com/ , ele tem dois locais, o que eu fiquei e também se tiver sorte de conseguir vaga você pode se hospedar no albergue dentro do Louvre, isso mesmo o outro fica dentro do Louvre! O que fiquei era muito bom, com a opção de quarto duplo, chuveiro dentro do quarto e sanitário no andar.

Um outro lugar muuuuuuito lindo, e que deve-se visitar é a Basílica de Sacré Coeur, ela fica em um monte bem alto, e com isso tem a mesma altura da Torre Eiffel. Minha dica para este lugar, é ir de metrô e chegar pela parte de trás da Basílica... Sim, ela é muito linda pela frente, e por trás ela tem uma escadaria enorme! Mas a imagem dela surgindo nas ruelas da parte de trás vão te deixar sem fôlego, mesmo antes de subir as escadarias!!rsrs Depois você pode ir embora pela frente e ver toda a parte de frente, mas a imagem dela aparecendo entre as pequenas ruas ficarão para sempre na sua memória.

Bom Márcio, como sei que você é admirador da arte, o Museu do Louvre pode ser não um Uffizi, mas tem lá seu charme!!rsrsrs É uma coisa de louco, e sei que você vai precisar de dois ou três dias para poder curtir mesmo o local... Claro, você já deve ter mil informações sobre este lugar, mas peço que procure pelo quadro em que Napoleão é coroado dentro da catedral de Notre Dame, é esplendoroso! Cheio de detalhes, e impactante... Mas deste lugar tenho uma história engraçada... em uma de minhas visitas, estava com muita gripe, febre e muito debilitada, e com um grupo de 15 pessoas para visitar o Louvre, foi aí que eu disse, para eles visitarem o Museu que eu ficaria no Hall, esperando por todos... Mas vendo as informações do Louvre minha irmã que estava comigo, viu que o museu oferecia cadeiras de rodas, olha que máximo! Pegamos uma cadeira de rodas do museu e fomos desbravar suas obras... foi aí que minha irmã começou a se arrepender por ter descoberto a cadeira. É que o Louvre só tem escadas, isso mesmo, degraus para todos os lados, de uma sala para outra tem pelo menos dois ou três degraus, e nessa ela tinha que me empurrar, só que perdemos mais tempo buscando os elevadores (porque não tem rampas), do que vendo as obras!!!rsrs Bom, já estávamos quase na hora de ir embora, quando nos demos conta de que não tínhamos visto a Monalisa, encontramos o elevador, e fomos até a sala em que ela estava, chegando lá (como em todas as outras vezes que voltei), a sala estava repleta de gente, muita gente mesmo, para se ter uma idéia, nós estávamos a cerca de 10 metros do quadro e não tinha como passar mais para a frente, e com a cadeira então não conseguiríamos chegar nunca perto da obra... bom, foi aí que veio a parte boa da história, eis que surge um funcionário do Louvre se dirige a nós e pede: “siga-me, por favor”, foi lá minha irmã e eu na cadeira de rodas, seguindo o funcionário, que ia pedindo licença a todos os demais que estavam tentando chegar perto da Monalisa, e adivinha onde foi que ele nos levou!? Bem em frente a ela! Sem ninguém na nossa frente, ficamos bem pertinho do quadro... Essa foi de mais!!

Mas como disse no começo da minha história também acontecem coisas que não são nada agradáveis... Repito, Paris é a cidade mais visita do Mundo, então tenta imaginar essa cidade na virada do ano... dia 31 de dezembro! Então, pura decepção! Fomos passar o final de 2008 para 2009 na Av. Champs-Elysées, estávamos em dúvida sobre ir na Torre Eiffeil, e acabamos optando pela Av. Champs-Elysées. Nos preparamos para o acontecimento do dia! Compramos Champagne, e fomos indo até a Av. Champs-Elysées. Bom, no caminho você já começa a ficar meio estressado, porque eles liberam de graça o metrô, o que é muito bom, mas acaba de devido ao problema do imigrantes da França, essa parte da população começa a se “soltar” mais neste dia, realmente eram vândalos. Imagina um lugar com gente de todo o planeta misturado com problemas de imigrantes na França esperando o ano novo chegar... Pra resumir a história, não teve nada de fogos, não tinha estrutura de sanitários na Av. Champs-Elysées, não podia nem beber na rua depois da meia-noite a Champagne que tínhamos comprado... Pura decepção! E o pior ainda estava por vir... Estávamos em oito pessoas e tentaram nos roubar umas três vezes, isso mesmo, pessoas que paravam ao nosso lado, tentando colocar a mão dentro dos nossos bolsos, para pegar o que pudessem, euros, máquinas fotográficas, e o que mais pudessem, sorte que estávamos muito atentos, e nada conseguiram levar... Depois da meia-noite, sem fogos de artifício ou coisa parecida, começou um tumulto bem perto de onde estávamos... os policiais soltaram bomba de gás lacrimogêneo, e tivemos que sair correndo de onde estávamos... foi uma loucura, e a cidade estava uma loucura! Tinha gente louca por todos os lados, e ficamos sem saber qual seria o melhor meio de voltar para o nosso hostel, foi aí que perguntamos a um policial se seria melhore voltar de táxi, metrô ou ônibus, pois estávamos bem longe do nosso hostel, sabe o que o policial respondeu: VAI CAMINHANDO QUE É MELHOR, MAIS SEGURO! Depois de caminhar por cerca de 3 horas com muuuuito frio, cruzando com gente tentando arrumar confusão por todos os lados, fomos dormir decepcionados...

Se for passar a virada de ano em Paris, tente outra opção, ou pague (caro) por uma das lindas festas fechadas da cidade...

Mas mesmo assim, com tanta loucura, voltarei a Paris com certeza!rsrsr

Espero que tenha ajudado com alguma coisa... E se precisar de mais alguma ajuda estou a disposição. Como disse no facebook é sempre bom falar de Paris...

Beijos, Francine

Eu e o Cadu (meu marido) curtindo o Rio Sena

Vista de cima da Torre Eiffeil (2º andar) detalhe do nariz vermelho morrendo de frio!!

Comendo o delicioso Carpaccio a Volonté no Bistrô la Romain

Ah, disse que tinha ficado em um Hostel no centro, mas antes disso, estava vendo algumas opções de Hotéis na periferia, e acabei achando em meus arquivos...

Veja em anexo que fiz uma sinalização no mapa de Paris com os seguintes Hotéis:


BB Malakoff : http://www.hotel-bb.com/detailhotels.phtml?hotelid=4301   

 Etap Porte D’Orleans (PROCURAR NO MAPA): 500 METROS DO HOTEL: http://www.accorhotels.com/accorhotels/fichehotel/pt/etp/2559/fiche_hotel.shtml

 Etap Porte de Vanves (PROCURAR NO MAPA): 300 METROS DO HOTEL: http://www.accorhotels.com/accorhotels/fichehotel/pt/etp/2602/fiche_hotel.shtml

14 comentários:

Francine disse...

Espero que possa ajudar com essas dicas... boa viagem!! Paris é sempre inesquecível...

Fabrício Zerves disse...

Pra quem tem medo de se perder em Paris, em algumas estações de metrô existem umas máquinas que, vc aperta um botão referente á estação ou monumento que vc deseja ir e na tela aparece as estações e linhas de metrô que vc deve pegar pra chegar ao seu destino! É meio antigo, com luzes que piscam mostrando o caminho e estações, mas muito funcional e de grande ajuda! Dessa maneira não me perdi em nenhum momento em Paris.

tudodebom disse...

Honey, vc entendeu o recado né.. eu vou te empurrando na cadeira hehehe!! Vamos chegar bem pertinho tb!! Francine adoray seu relato!! Kisses people´s!!

Cristiana disse...

Uma outra opção de hospedagem é alugar um apartamento. Foi a minha opção nas 2 vezes em que estive em Paris. Aluguei um apartamento a um quarteirão da Notre Dame, super bem localizado, com metrô a 100 metros, por 70 euros a diária, para 3 pessoas. Mais barato que um hotel na periferia, pelo mesmo preço de um quarto duplo no hostel indicado pela Francine. Ótima opção, recomendo.

Márcio Jardim disse...

Olá Francine... e como ajudou! Tenho certeza que muitos adoraram seu relato. Mais uma vez, obrigado. Bjs

Márcio Jardim disse...

Olá Fabrício...
Sempre com dicas e informações ótimas... Está anotada no meu caderno. Obrigado. Agradeço a visita. Abs

Márcio Jardim disse...

Oi Honey...
Vc é ótima!!!
Bjs

Márcio Jardim disse...

Olá Cristina,
Esta dica um amigo meu me deu tb... Dizem que o apartamento em Paris é uma ótima opção de hospedagem. Você poderia me passar mais informações por email deste ap? Obrigado

Emerson disse...

Olá Márcio!

Estou lendo seu blog sobre a Itália e resolvi passar aqui para deixar uma dica.

Estive em Paris ano passado, em maio/junho. A cidade é fantástica! Estive com uma amiga minha e tentamos andar de metrô somente uma vez. A compra dos bilhetes foi meio traumatizante, dai optamos por nos locomover pela cidade utilizando o LES CARS ROUGES (http://www.carsrouges.com). Um passe para 2 dias - se não me engano - custava 24 euros. E como tinha um ponto bem perto do nosso hotel na Champs Elisées (hotel velho, caro e horrível, pessoal horrivel, mas muito bem localizado. Somente o indicaria para inimigos no entanto. kkkkk).

Tenho muito material sobre Paris. Se você quiser posso mandar pra você.

Abraço

Emerson
(em.milla@hotmail.com)

Uzeda disse...

Olá, Cristiana
Jah estive em Paris diversas vezes, mas ainda não vivi a experiencia de ficar em um apt alugado. Devo voltar em jan/2013.Será que vc poderia me dar mais informações por e-mail sobre esse apê que vc ficou em jan desse ano? Seremos 3 pessoas, como vc, e acho que vai ser bem legal! Obrigada, desde jah. Fico no aguardo ....
Abraços,
euniceuzeda@hotmail.com

Márcio Jardim disse...

Olá Emerson,
Agradeço o comentário e estou enviando um email para vc.
Abs e obrigado

Márcio Jardim disse...

Olá Uzeda,
Vamos aguardar a resposta da Cristiana ok?
Abs

Francine Camargo Mendes Francine disse...

Olá... sobre alugar casas/aptos tanto em Paris como em vários lugares do mundo recomendo a atraveo.com, já alugamos casas no sul da França, na Itália, na Suíça e na Bélgica, sempre muito bom!!
Márcio, estarei indo para Paris agora em maio... qq outra novidade importante te falo...
Abs

Márcio Jardim disse...

Olá Francine,
Agradeço a dica! Desejo a você uma excelente viagem
Abs