Descrição: Blog criado para o planejamento da minha viagem para à França. Ele será dividido em quatro partes:

1) PESQUISAS: pesquisas sobre as cidades a serem visitadas - cultura, atrações turísticas, gastronomia, hospedagem...;

2) ROTEIRO FINAL: Roteiro detalhado dia-a-dia, com hospedagem, alimentação, atrações, previsão de gastos, ...;

3) PREPARATIVOS para a viagem;

4) RELATO DA VIAGEM: Relato dia-a-dia de todos os acontecimentos durante a viagem, dicas, informações, etc.

FASE ATUAL DO BLOG: 3) PREPARATIVOS.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Relato de viagem - Ludmila Meireles

Bonjour, meus amigos...

Como já comentei, estou recebendo dezenas de dicas e relatos no email do blog... Agradeço imensamente a todos... Hoje, publico as dicas da Ludmila (nome da minha irmã do meio).... Obrigado, Ludmila pelo relato repleto de dicas preciosas:

Oi Márcio!

Eu ADOREI o seu blog sobre a Itália (http://www.toindoparaaitalia.blogspot.com/) e estive lá em agosto, conheci 13 cidades e me apaixonei. E peguei muitas dicas do blog. Então, agora, chegou a minha hora de retribuir te dando algumas dicas de Paris. Eu estive lá em dezembro de 2008 (um frio do cão) e as dicas que estou enviando são de uma professora que fez doutorado lá, ou seja, morou 2 anos em Paris. Alguns passeios eu não fiz, em função do tempo ruim, não sei em que época vc vai, mas com sol e flores tudo fica muito mais bonito.

Eu não me apaixonei por Paris pq tive problemas com a educação do povo francês...são extremamente mal educados, te deixam falando sozinho só porque vc não sabe falar franês, te indicam caminhos errados...eu e minha sofremos muito, nos perdemos e fomos salvas, é claro, por um freira brasileira...Deus é brasileiro, pode acreditar!!!! Fui no inverno e a cidade perde um pouco o encanto, mas é uma viagem que todo mundo deve fazer antes de morrer. Ah! Além de mal educados, são porcos e fedorentos...kkk...o metrô na hora do rush, mesmo no inverno, exala um cheiro bem desagradável. Não é a toa que fabricam os melhores perfumes...por pura necessidade...kkkkkk.

Espero que tenha tempo para ler...lá vai.

Visitas obrigatórias: Catedral de Notre Dame, Torre EIffel, Museu do Louvre, Arco do Triunfo, Les Invalides , Pantheon, Sainte Chapelle, La Villette (não fui), passeio de barco pelo Sena (não fiz, pois no inverno não tem e é impossível, pois o frio é congelante), Sacre Coeur e Montmartre (foram as minhas paixões em Paris...voltei lá 2 vezes). Fora, tem o Palácio de Versalhes e os parques dos Asterix e o da Disney (só fui até Versalhes...que no verão, deve ser a coisa mais linda, pois os jardins do palácio são de deixar qualquer um de boca aberta, com belas vistas...é gigantesco).

Agora, vamos aos detalhes:

NOTRE DAME- metrô linha 4, estação cité- é de graça e é linda. A visita a torre com o sino e o passeio pelo alto da catedral são pagos. Eu não subi, em função do tempo...é frio demais! Mas, vale a pena, mas tem que estar em forma, pois são mais de 90 degraus, subindo em caracol e num espaço apertadíssimo.

TORRE EIFFEL (metrô, linha 6, estação Bir-Hakeim, que tem conexão com a estação Champ de Mars/Tour Eiffel). O ideal é subir nela a tarde, ver o pôr-do-sol e descer depois que escurecer. Assim, vc tem a visão do alto de Paris durante o dia, vê as luzes se acendendo aos poucos, com a visão noturna (no verão, o pôr-do-sol acontece por volta das 22h). Vc já deve ter feito uma pesquisa e já deve saber q ela tem 3 níveis e visitar cada um custa um preço. Eu fui somente no último, que é o mais interessante. Nos outros níveis tb tem coisas interessantes, se vc estiver com tempo. Exposições de fotografias, explicações sobre a construção da torre, um aparelho q mostra o deslocamento que ela faz o tempo todo por causa dos ventos (no inverno venta muito lá em cima, fica até difícil de tirar foto, pois a minha mão, mesmo com luvas, estava dura de tão congelada...kkk..eu não sentia os dedos...estava 1°C com chuva). Tb tem as lojinhas de lembranças (muito caras). Você pode descer do primeiro nível até o chao pelas escadas, mas tem q estar REALMENTE em forma. São MUITOS degraus!

MUSEU DO LOUVRE- metrô linhas 1 ou 7, estação Palais Royal/musée du Louvre). Um dia interio para visitar, pois é gigantesco e lindo de morrer. Acho que ele não abre na terça.A galeria mais cheia e a que tem a Monalisa...um quadro minúsculo no meio de uma sala enorme e vc tem que rebolar para conseguir uma foto, pois está sempre lotada. Para almoçar, o melhor é a cantina que fica no hall de entrada do subsolo, pois são mais baratos que as cantinas de alguns andares. Guarde os ingressos para poder passar pela roleta novamente depois de comer. Eu coloquei as linhas de metro aqui, mas fiz a maioria das coisas a pé...é muito andar por Paris e acabei chegando ao Louvre atravessando um jardim enorme (Jardim de Tullieres, acho q é assim que se escreve...kkk..q no verão deve ser lindo, tirei muitas fotos...aí no final, vc vai vendo a imensidão do Louvre).

ARCO DO TRIUNFO- foto obrigatória de todo o turista que se preze. Para chegar, use a passagem subterrânea e, por favor, não tente atravessar o cruzamento...pois é IMPOSSíVEL! Existe um museu dentro dele, mas não perca o seu tempo e nem gaste os seus euros com ele...não tem praticamente nada lá. Logo de cara vc vai ver a tão famosa avenida CHAMPS ELISÈES e é legal percorrer, olhando as lojas caríssimas e super famosas. A loja da Pegeut é muito legal...vale a visita.

LA VILLETE (metrô linha 7, estação Porte de La Villette. Se for primeiro na Cité de la Science. linha 5, Porte de Pantin, se for primeiro na Cité de la Musique- parque moderno que fica na região nordeste da cidade. é um paruqe cultural. São 2 museus, o rpimeiro, museu interativo sobre ciência (excelente) e o outro, museu de música, com a história e a evolução da música, dos instrumentos,etc.

PASSEIO DE BARCO PELO SENA- tem paradas em vários pontos do Sena, indicados no mapa da cidade. O mais barato é o BateauBus. Você pode combinar com a visita a Torre, já q tem um ponto ao lado (mais perto que a estação do metrô).

BASÍLICA DE SACRE COUER- metrô linha 12,estção Abbesses), tem que andar um pouquinho, mas vale a pena, porque é linda de morrer e a visão lá de cima é mais linda ainda. Eu fui a noite, estava tendo missa...dá para ver a torre de lá. Atrás da basílica, seguindo as ruas de paralelepípedos...vc vai sair numa praça com várioas artistas fazendo caricaturas (bairro Montmartre) e cheia de restaurantes super românticos...e tem as lojinhas com lembranças, q são baratas...eu voltei lá 2 vezes, apesar de subir por uma escadaria enorme...mas foi o lugar que mais gostei de Paris, até pq , estava toda enfeitada para o Natal. Vá de dia e vá a noite tb.

MUSEU D'ORSAY- metrô linha 12, estação Assemblée Nationale, tem q andar um pouco) Fica na beira do sena, era uma estação de trem que virou museu. Só a arquitetura do local, em estrutura metálica, já vale a visita. A coleção é de pinturas e esculturas.

PANTHEON- não lembro a estação do metrô, mas fica atrás a Sourbone (faculdade famosa), é só subir a rua da faculdade que vc vai ver o pantheon. acho q no domingo é grátis.

PALÁCIO DE VERSALHES- um dia inteiro...é só pegar o RER, o trem que parece metrô e só faz as linhas que vão para fora de Paris.

No metrô, compre um carnê (dix billets- pronuncia-se "carnê a dibiê"), q são 10 bilhetes separados, mas com o preço bem mais baixo...na época eu paguei 11 euros). O mesmo bilhete pode ser usado nos ônibus e na rede de RER nos trechos dentro da cidade.

Visite també a GALERIA LAFAYETTE....um shopping gigantesco, com tudo caro, mas eu fui na época do natal, estava toda iluminada e lá no último andar, tem um restaurante self service enorme, com uma grande variedade...mas é caro...o meu pratinho só com 1 filé de salmão e algumas cenouras e ervilhas cozidas + 1 água foi 28 euros na época. Tudo em paris é caro, especialmente, a comida. Muito cuidado com os restaurantes com toalhas e guardanapos de pano...sãoo OLHO DA CARA de caros! Os lanches com baguetes francesas são muito bons...nós comemos um monte...são bem servidos.

Existe um supermercado em Paris, com o nome Le BON MARCHÈ (não lembro o nome da rua...mas que é magnífico..tem de tudo lá...e o nosso jantar sempre saía de lá...hhahahahaha..é mais barato que comer na rua. É gigante e se vc tentar tirar uma foto, o segurança vai atrás de vc no meio da rua, mandando apagar... hilário..aconteceu comigo...fui esperta, tirei 2 fotos e apaguei só uma na frente dele...ele só me viu tirando uma foto do outro lado da rua (sou brasileira, poxa!!!!)... mas vale a pena comprar lá, até para trazer para o Brasil.

Eu tenho vontade de voltar a paris no verão e levar a minha mãe, q tem vontade de conhecer...mas a cidade luz não me encantou tanto quanto Londres e Itália.

Desejo uma ótima viagem para você e espero que aproveitem bastante. Espero que tenha ajudado de alguma fora.

Abraços,


Ludmila.

8 comentários:

ana lu curi disse...

Olá Márcio.
Concordo com a Ludmila: suba na Torre Eiffel no final do dia e espera a cidade e a torre acenderem. Eu tb aconselho a subir no Arco do Triunfo perto do por-do-sol. considere a possibilidade de comprar o Paris Museum Pass que te proporciona entrada em muitos destes lugares e ainda ajuda a evitar filas (exceto para subir nas torres da Notre Dame. o passe cobre mas não te livra das filas).
O bon marche fica meio perto da St Sulpice. rue de sevres.

Sonia disse...

Ola!

Estivemos em Paris em agosto de 2011 e confesso que fiquei surpresa com os seus comentarios a respeito dos franceses, do metro e que as pessoas tem um odor nao tao agradavel.
Acho que tivemos mais sorte.Desde nossa chegada na estacao Opera vindo do CDG, ate o metro que nos levaria ao Hotel.
E claro o metro e muito antigo, mas chega exatamento no horario previsto, e as pessoas que o frequetam sao muitos turistas, trabalhadores enfim pessoas comum,
Existem algumas estacoes de metro que as escadarias sao muitas, portanto nao leve malas muito pesadas, tivemos em todas as estacoes ajudas de jovens e senhores franceses que nos ajudaram com as mesmas.No Brasil isso nunca acontece.
Os franceses foram muito educados, tanto nas lojas quanto nos restaurantes, como nao falo ingles e muito menos frances acreditem nao tive nenhum problema de comunicacao, e so dar um Bon Jour com um belo sorriso que vc. vai ter tudo que precisar.
Acredito que um Pais onde e o mais visitado do mundo algumas pessoas devem estar cansadas de querer entender o que falamos e de darem informacoes, talvez seja isso que pegou.
Nao senti nenhum cheiro deles muito pelo contrario, sao chiques ao extremo, educados e cortes, talvez a timidez deles causam um certo temor mas nada que te faca sentir menosprezado.
Precisam apenas tomar cuidado com as ciganas, os jogadores de aneis que te abordam nas ruas, e as colocadores de fitinhas na Sacre Couer,sao todos estrangeiros tipo africano, ucranianos, e so dizer um nao e acabou.
Paris e linda, linda, estou voltando este ano, muitas coisas ainda para serem vistas.

Abracos.

Márcio Jardim disse...

Olá Sonia, agradeço muito o seu comentário... É muito bom ler opiniões de cada pessoa... Agradeço as informações... Você gostaria de escrever um relato da sua viagem para o blog? Se sim, mande para o toindoparaafranca@gmail.com que eu publico ok? Dicas são sempre bem vindas.... Obrigado.

Eliane disse...

Concordo totalmente com a Sonia, acho que a Ludmila não teve uma boa impressão da cidade... Paris é apaixonante, não consigo definir qual é a magia que a cidade exerce sobre mim, amo a cidade demais! Os parisienses são chiquérrimos, não são simpáticos e expansivos como os brasileiros (falam baixo, não "ocupam" todo o espaço como nós...), mas também nos ajudaram com as malas nas escadarias do metrô. Já fui 3 vezes à Paris e a cada visita descubro novos encantos na cidade. Claro, os cartões postais são imperdíveis, mas flanar por Paris é dica certa de conhecer pequenas igrejinhas góticas pelo caminho, ruas medievais pequeninas, jardins lindíssimos, observar a arquitetura tão peculiar... Tomar um sorvete Berthillon na Île de Saint Louis, fazer um picnic nos Jardins du Luxembourg num domingo de sol, desejar nunca mais sair do Musée D'Orsay, assistir um concerto de cordas na Saint Chapelle do Palais de Justice... inesquecíveis!!!
Abraços
Eliane

Márcio Jardim disse...

Oi Ana... Anotada a dica... Obrigado mesmo... Vc, como sempre, uma visitante de honra, com excelentes dicas...
bjs

Márcio Jardim disse...

Oi Eliane,
Agradeço a sua opinião e sua visita ao blog. Cada pessoa possui uma visão de viagem... É por isso que gosto muito de ler diversos relatos, comentários, etc... ajudam a construir uma idéia...
Obrigado

Suely disse...

Marcio
Tenho certeza que você vai amar Paris,para mim não tem viagem se não der uma passada por lá,não sei que lugares você pretende ir na França, então eu sugiro Saint Malo e o Mont Saint Michel que é maravilhoso...Abs

Márcio Jardim disse...

Oi Suely,
Acredito nisso com certeza... Paris é minha grande ambição na França...
obrigado pela visita
bjs